Check-up: não adie (mais) o seu

5 minutos de leitura

Costuma fazer parte das resoluções de ano novo mas, com muita frequência, é relegado para segundo plano. No entanto, todos os adultos deverão fazer exames de rotina periodicamente. Não se esqueça: o objetivo destes exames regulares não é encontrar doenças mas garantir a saúde.

Check-up: o que é?

Os exames regulares de saúde – aos quais vulgarmente se chama check-up – são indispensáveis para quem quer garantir uma vida saudável, independentemente do género ou da idade. A periodicidade é variável: se se tratar de um adulto saudável, é recomendável fazer um check-up anual. Já a presença de fatores de risco e/ou de uma doença crónica como hipertensão ou diabetes, entre outras, obriga a uma vigilância personalizada que deverá ser definida pelo médico assistente.
Alexandra Malheiro, especialista de Medicina Interna no Hospital Lusíadas Porto, indica os exames que devem ser feitos de forma regular.

Que exames fazer 

  • Análises clínicas

Perfil lipídico, ureia, glicemia, entre outras;

O eletrocardiograma deve ser realizado de 2 em 2 anos, a partir dos 40 anos, particularmente no caso de ser fumador, hipertenso, se existir uma doença cardíaca ou diabetes;

  • Rastreio visual

Deve ser feito de 2 em 2 anos;

  • Rastreio auditivo

A partir dos 40 anos, devendo ser repetido de 3 em 3 anos;

  • Colonoscopia

Permite detetar precocemente o cancro do cólon. Deve ser realizado aos 50 anos e repetido de 5 em 5 anos;

  • Exame dermatológico

Permite detetar alterações cutâneas e cancro da pele. Deve ser realizado de 5 em 5 anos, exceto se houver indicação contrária do dermatologista.

  • Densitometria óssea

É um instrumento para o diagnóstico de osteoporose, por determinar a densidade mineral óssea. Nas mulheres deve ser feito depois dos 65 anos – caso não existam fatores de risco. Nos homens, este exame deve ser feito, geralmente, a partir dos 70 anos.

Outros exames que deverá realizar periodicamente

Mulheres

  • Mamografia e ecografia mamária

São exames de rastreio que permitem diagnosticar precocemente o cancro da mama. Não existindo antecedentes familiares, devem ser realizadas a partir dos 45 anos e repetidas duas vezes por ano. Existindo antecedentes familiares, a primeira mamografia e ecografia mamária devem ser realizadas por volta dos 35 anos e, depois, repetidas conforme conselho médico.

  • Teste de Papanicolau (citologia)

Permite detetar precocemente o cancro do colo do útero. Deve ser feito 1 ano após início de relações sexuais e repetido de 3 em 3 anos. A partir dos 65 anos, e caso na última década os resultados de 3 citologias tiverem sido negativos, o prazo poderá ser alargado, de acordo com a opinião do médico assistente e conforme o grau de risco da pessoa.

Homens

  • Doseamento do Antigénio específico da Próstata (PSA)

Análise que ajuda na deteção precoce de cancro da próstata e que deve ser feito a partir dos 45 anos. O exame prostático é recomendado a partir dos 50 anos.

Estilo de vida saudável

Em paralelo à vigilância da sua saúde, não se esqueça que deve manter ou adotar hábitos saudáveis (está sempre a tempo): não fumar, manter um peso adequado, fazer uma alimentação equilibrada, diversificada, pobre em gorduras saturadas e sal, e praticar exercício físico.

LER MAIS