Fiambre, manteiga, doce: o que colocar no pão?

5 minutos de leitura

Quais os tipos de fiambre e de manteiga mais saudáveis? E qual o melhor doce para colocar no pão? Ana Rita Lopes, coordenadora da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa, responde.

A variedade de produtos para colocar no pão é imensa. Produtos de charcutaria, como o fiambre, os queijos, as compotas e outros produtos açucarados, vários tipos de manteiga e cremes representam um conjunto vasto de alternativas que temos à nossa disposição. Contudo, muitas destas opções podem não constituir as opções mais adequadas para a nossa alimentação, pelo seu teor em gorduras, açúcares e sal muitas vezes elevado, assinala Ana Rita Lopes, coordenadora da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa.

Mas primeiro, por que razão é importante comer pão?

O pão é um elemento fundamental na alimentação dos portugueses. Regra geral, apresenta um valor nutricional importante, constituindo uma excelente fonte de hidratos de carbono complexos, proteínas, fibras e vitaminas do complexo B. Assim sendo, o pão pode fazer parte de uma alimentação saudável, quando consumido de forma consciente e com moderação.

Os hidratos de carbono complexos são lentamente absorvidos para a corrente sanguínea. Por seu lado, as fibras atrasam a absorção dos nutrientes. A conjugação destes fatores faz com que o pão, devido ao seu valor nutricional, proporcione uma sensação de saciedade prolongada que ajuda no controlo do apetite. Por este motivo, o consumo de pão ao pequeno-almoço e/ou nos lanches pode ser uma boa opção.

Agora que as vantagens de comer pão foram assinaladas, vamos à questão: afinal, quais são as escolhas mais saudáveis para colocar no pão? Se tiver de escolher entre vários tipos de fiambre, queijos, manteiga e doces, quais são os melhores?

tabela manteiga cremes

tabela charcutaria

nova versao tabela queijo pao

 

tabela compotas

 

Como escolher a melhor manteiga, o melhor pão, produtos de charcutaria e queijo?

  • Antes de mais, opte por pães mais escuros que são feitos com farinhas menos refinadas e, por isso, têm maior teor em fibras.
  • Faça a leitura dos rótulos nutricionais dos produtos, comparando-os entre si (por 100g e por porção) e optando pelos produtos com menores teores de gordura, açúcares e sal.
  • Em relação aos produtos de charcutaria, opte pelo fiambre de aves (frango e peru). Estes tipos de fiambre têm menores quantidades de gordura e sal, constituindo igualmente boas fontes de proteínas.
  • Prefira os queijos com menores quantidades de gordura, optando pelos queijos com redução do teor de gordura, magros ou meio gordos.
  • Quanto aos doces e outros produtos açucarados, estes são ricos em açúcares de absorção rápida, provenientes dos frutos (frutose) mas também do açúcar adicionado. Assim, prefira os produtos sem açúcar adicionado.
  • As manteigas e cremes vegetais são produtos naturalmente ricos em gordura. Contudo, os cremes vegetais têm gorduras de origem vegetal que são benéficas para a nossa saúde, para além do seu teor reduzido de sal.
  • Atenção à manteiga de amendoim. A manteiga de amendoim é um produto de origem vegetal com um valor nutricional importante em proteínas e gorduras monoinsaturadas (“gorduras boas”) provenientes deste fruto oleaginoso. Contudo, algumas manteigas de amendoim são ricas em açúcar e sal adicionados. Leia os rótulos com atenção e opte pelas manteigas 100% naturais, isto é, feitas exclusivamente a partir do amendoim. Se preferir, pode fazer a sua manteiga de amendoim em casa. Basta triturar amendoim ao natural e obterá uma pasta sem adição de qualquer outro ingrediente!

LER MAIS