Cascais, pioneiro na certificação ambiental

3 minutos de leitura

O Hospital de Cascais foi o primeiro hospital nacional a obter a certificação ambiental nos domínios da prestação de cuidados de saúde na área médica, cirúrgica, diagnóstico e terapêutica, pela Bureau Veritas Certification, de acordo com a norma ISO 14001.

O facto de ser um edifício recente facilitou a conformidade do Hospital de Cascais, uma vez que na aquisição de novos equipamentos (frigoríficos e sistema de climatização, entre outros) foram tidas em consideração especificações que vão ao encontro dos requisitos da Norma ISO e do Protocolo de Montreal.

Os equipamentos herdados do antigo hospital que ainda possuem gases refrigerantes que empobrecem a camada do ozono estão a ser progressivamente substituídos. A certificação ambiental foi inevitável.

De referir ainda que o Sistema de Gestão Ambiental implementado permite melhor separação e encaminhamento de resíduos e a redução do consumo de energia e água. Além de ajudar a reduzir custos alivia a pegada de carbono e ecológica do hospital, que recebe anualmente quase 100 mil pacientes e foi pensado para criar a melhor experiência de saúde em harmonia com o ambiente, em instalações que contam com a melhor tecnologia.

Para a avaliação da certificação ambiental, foi considerado:

  • O consumo de água e eletricidade;
  • A qualidade do ar;
  • A separação, tratamento e reciclagem de resíduos;
  • A redução da utilização do papel.

 

 Qualidade dos serviços

Cinco serviços clínicos obtiveram igualmente o Certificado da Qualidade, conforme a norma ISO 9001:

  • Farmácia;
  • Anatomia Patológica;
  • Imunohemoterapia;
  • Imagiologia;
  • Esterilização.

Com a obtenção destas certificações, foi reforçada a qualidade quer ao nível do serviço assistencial prestado aos utentes, quer do seu funcionamento interno.

LER MAIS