Por que as crianças devem praticar desporto?

Veja as respostas que pode dar aos seus filhos quando lhe perguntarem por que têm de fazer exercício físico.

Não há desculpa para o seu filho não praticar qualquer atividade física.

Para quem ainda é cético, saiba que os especialistas estão todos de acordo: o desporto deve ser praticado em todas as fases da vida. E já está provado que, quanto melhor for a preparação física, maior o desenvolvimento intelectual – um estudo do Laboratório de Neurociência e Cinesiologia na Universidade do Illinois, nos Estados Unidos, conseguiu observá-lo. Além disso, a prática constante de uma atividade física traz outros benefícios, como o combate à obesidade, essencial num país onde, segundo dados da Comissão Europeia de 2013, quase 30% das crianças entre os dois e os cinco anos têm excesso de peso. Mas a lista não se fica por aqui, o desporto:

  • Reduz o risco de doenças cardiovasculares;
  • Melhora as capacidades cardiorrespiratórias;
  • Melhora as funções cognitivas (memória, atenção e raciocínio);
  • Fortalece os músculos, ossos e articulações;
  • Eleva a autoestima;
  • Diminui a ansiedade;
  • Regula o sono;
  • Leva à adoção de hábitos de vida saudáveis (alimentação regrada);
  • Desenvolve da noção de comprometimento, de espírito de equipa, disciplina e tolerância à frustração;
  • Facilita a socialização.

 

A dificuldade estará, agora, em escolher a atividade que mais se adequa aos seus filhos e aos seus gostos. Listamos um conjunto de atividades e as suas maiores vantagens:

Natação

Reforça o vínculo parental;
Facilita o gatinhar e o caminhar;
Desenvolve a coluna vertebral;
Estimula o desenvolvimento da personalidade;
Aumenta a capacidade pulmonar;
Fortalece igualmente o sistema cardiorrespiratório;
Melhora a resistência e o sistema imunitário.
Fortalece as articulações;
Aumenta a autoestima;
Promove as relações sociais e a autonomia;
Melhora a coordenação motora.

Dança

Promove o reconhecimento do corpo (possibilidades e limitações);
Permite a socialização;
Provoca relaxamento muscular e psicológico;
Desenvolve a coordenação motora;
Trabalha o equilíbrio e a flexibilidade.

Ginástica

Trabalha a flexibilidade, a resistência e a coordenação motora;
Reduz o risco de obesidade, doenças cardíacas e diabetes.

Ginástica artística

Trabalha a resistência muscular localizada e geral;
Desenvolve a coordenação motora;
Desenvolve a flexibilidade e o equilíbrio;
Explora o ritmo e a consciência corporal.

Judo

Promove o desenvolvimento muscular e cardiovascular;
Melhora a postura e a coordenação motora;
Ajuda ao desenvolvimento do córtex cerebral;
Desenvolve a percepção espacial.

Ténis

Trabalha o sistema cardiorrespiratório;
Trabalha a força muscular (pernas, abdómen, braços, ombros e costas);
Previne a osteoporose;
Treina a concentração.

Basquetebol

Melhora os padrões normais de movimento;
Desenvolve a autonomia motora;
Melhora a circulação sanguínea, o sistema respiratório e neuro-músculo-esquelético.

Voleibol

Melhora a condição física;
Desenvolve a coordenação motora são;
Explora a agilidade.

Futebol

Gera um gasto energético só ultrapassado pelo boxe;
Fortalece as articulações;
Desenvolve a coordenação motora.

Atletismo

Estimula o sistema cardiovascular;
Substitui a gordura por massa magra;
Melhora a vascularização em todo o corpo;
Fortalece a capacidade pulmonar.

Boxe

Gera um imenso gasto energético;
Desenvolve o sistema muscular e cardiovascular;
Melhora a coordenação motora, a flexibilidade e os reflexos;
Implica uma boa capacidade aeróbia e a resistência muscular;
Melhora a amplitude articular.

Rugby

Desenvolve todos os músculos do corpo;
Provoca uma grande perda de calorias.

Corrida

Previne doenças cardíacas;
Previne câncer de ovário e de mama;
Elimina possíveis distúrbios do sono;
Cria resistência a agentes causadores de doenças;
Destaca os músculos abdominais devido a queima de gordura.