Lavar os dentes: 10 factos e mitos

Comer uma maçã substitui a escovagem dos dentes? E pastilhas elásticas sem açúcar? Cátia Gonçalves, médica dentista do Hospital Lusíadas Porto, ajuda a esclarecer verdades e mitos para garantir que fazemos uma boa higiene, a melhor forma de defendermos a nossa saúde oral.

10 factos e mitos sobre lavar os dentes

Lavar os dentes três vezes por dia e demorar pelo menos dois minutos em cada lavagem são as principais recomendações de Cátia Gonçalves, médica dentista do Hospital Lusíadas Porto, “para garantir uma boa saúde dentária e periodontal [o periodonto é constituído pelos tecidos que fixam os dentes, como as gengivas e o osso]”. O ideal quando se fala de lavar os dentes é que cada pessoa seja aconselhada por um profissional, para saber o que é mais adequado à higiene da sua dentição, recomenda a médica dentista.

1. As escovas macias são as melhores para as gengivas.

Mito. As escovas macias são desaconselhadas, salvo em situações pontuais (como num período pós-operatório) porque não asseguram uma boa higiene. É a placa bacteriana que provoca inflamação nas gengivas, fazendo-as sangrar.

2. A escovagem mais importante do dia é antes de dormir. 

Facto. Se não lavarmos os dentes os restos de comida permanecem na boca durante a noite, servindo de alimento às bactérias. Quando dormimos, a produção de saliva é menor e quase não há movimento da língua, o que ajuda a limpar os restos de comida.

3. Devemos escovar os dentes mal acabamos de comer.

Mito. Esperar meia hora é uma boa regra. Quando se comem alimentos ácidos, como tomate, laranja limão ou ananás, o esmalte dos dentes fica mais frágil e propenso à abrasão da escova. Deixar passar algum tempo antes da lavagem ajuda a que o pH da boca volte ao normal e o esmalte remineralize.

4. As pastilhas elásticas sem açúcar ajudam a prevenir as cáries.

Facto. Mascar pastilhas elásticas NÃO substitui a lavagem dos dentes, mas ajuda a prevenir as cáries. O xilitol, usado como adoçante, aumenta o pH oral, o que ajuda a proteger os dentes. Por outro lado, quando mascamos aumentamos a produção de saliva e o atrito nos dentes, o que ajuda a eliminar os restos de comida.

5. O elixir substitui a escovagem dos dentes. 

Mito. O elixir pode ser usado como complemento mas não substitui a lavagem dos dentes.

6. Uma boa escovagem dos dentes tem de ser demorada. 

Facto. Deve demorar pelo menos dois minutos para garantir que todas as áreas da boca são lavadas: todas as superfícies dos dentes, gengivas e língua.

7. Comer uma maçã substitui a escovagem dos dentes.

Mito. Alguns alimentos como as maçãs ajudam a limpar os dentes porque a mastigação permite alguma limpeza mas não substituem a escovagem dos dentes.

8. É importante bochechar no fim da lavagem.

Facto. É fundamental para garantir que os resíduos de comida saem da boca. Pode fazê-lo com um elixir, reforçando o flúor que permanece em contacto com os dentes, mas bochechar com água é suficiente.

9. O fio dentário só deve ser usado antes de escovarmos os dentes.

Mito. A ordem não é importante, o principal é garantir uma boa higiene oral que só é assegurada pela escova e o fio (ou escovilhão) dentário.

10. Lavar os dentes: é preciso usar muita pasta de dentes para garantir uma boa lavagem.

Mito. O equivalente a uma ervilha é o suficiente.

 

Este é um dos textos que poderá ler na Revista Lusíadas 11.