Regras para manter uma boa higiene dentária infantil

As doenças orais constituem um dos principais problemas da população infantil e juvenil e a cárie dentária é a doença crónica mais comum da infância. Magda Fachadas, enfermeira Especialista em Saúde Infantil e Pediátrica do Hospital Lusíadas Lisboa, explica quais os principais cuidados a ter para manter a higiene dentária dos mais novos.

Higiene dentária Infantil para uma boa saúde oral

Em Portugal cerca de 49% das crianças com seis anos apresentam pelo menos um dente cariado. “As consultas desenvolvidas ao longo das várias etapas de desenvolvimento da criança que ocorrem com regular periodicidade constituem momentos ideais de prevenção e vigilância dessas doenças orais”, explica a enfermeira Magda Fachadas, Especialista em Saúde Infantil e Pediátrica do Hospital Lusíadas Lisboa. Nesse sentido, é muito importante tomar medidas para promover a higiene dentária infantil de forma a prevenir doenças orais. Tais como:

Promoção de ações de saúde oral;
Início precoce dos cuidados de higiene oral à criança;
Escolha do dentífrico fluoretado adequado;
Redução do consumo de açúcar na dieta das crianças.

Desta forma, os primeiros anos de vida são primordiais para a aquisição de comportamentos saudáveis e aquisição de padrões alimentares e de higiene essenciais para uma boa saúde oral.

Nas consultas de Enfermagem Pediátrica é enfatizada a higienização oral ao longo do ciclo vital:

1. Lactentes

Após a amamentação a higienização oral deve ser realizada com uma dedeira ou compressa embebida em água morna e com movimentos circulares.

2. Até aos 3 anos

  • Frequência

Pelo menos uma vez por dia (ao deitar) assim que ocorre a erupção do primeiro dente;

  • Escova 

Pequena e macia.

  • Dentífrico

Quantidade: equivalente a um grão de arroz;
Concentração de flúor: 1000-1500ppm.

3. Entre os 3-6 anos

  • Frequência 

A escovagem dos dentes deve ser feita pela criança mas com supervisão, pelo menos duas vezes por dia, sendo uma delas obrigatoriamente antes de deitar.

  • Escova

Deve ser macia e de tamanho adequado à boca da criança

  • Dentífrico

Quantidade: equivalente ao tamanho de uma ervilha;
Concentração de flúor: 1000-1500ppm.

4. A higiene dentária infantil a partir dos 6 anos

  • Frequência

No mínimo duas vezes por dia, sendo uma delas obrigatoriamente à noite para manter uma boa higiene dentária infantil. É também aconselhável a introdução da utilização do fio dentário diariamente, que deve ser supervisionada até a criança adquirir destreza.

  • Escova 

Deve ser macia e de tamanho adequado,

  • Dentrífico

Quantidade: cerca de 1 cm de dentífrico fluoretado
Concentração de flúor: 1000-1500ppm.