Factos e mitos sobre as lentes de contacto

São apropriadas para o desporto e não se perdem atrás do olho. Mas não se devem usar à noite… O que importa saber sobre este objeto inventado no século XIX.

Factos e mitos sobre lentes de contacto

As lentes de contacto são lentes artificiais, finas e arredondadas que se usam na superfície do olho para corrigir os defeitos da visão como a miopia, o astigmatismo e a hipermetropia. As lentes podem evitar o uso dos óculos e dão uma visão mais próxima da realidade já que estão juntas aos olhos.

A primeira lente de contacto foi desenvolvida pelo oftalmologista alemão Adolf Fick, em 1887, para corrigir o astigmatismo. Hoje, há lentes de contacto de diferentes tipos de materiais. Estima-se que em 2024 irão ser vendidos 1290 milhões de pares de exemplares em todo o mundo. Mas ainda existem mitos que afastam as pessoas deste pequeno objeto. Por outro lado, há verdades sobre o seu uso que são indispensáveis conhecer.

As lentes de contacto são difíceis de usar e exigem trabalho para as manter?
O oftalmologista deverá ensinar a pessoa a colocar e a retirar as lentes de contacto. Ao princípio pode ser complicado usá-las, mas a experiência mostra que rapidamente se habituam a colocar as lentes nos olhos. Para quem sente algum tipo de desconforto, há soluções assim que se determina qual é a causa. Depois, o seu uso é mais simples. Na maioria das vezes um único produto serve para limpar e desinfetar as lentes diariamente. Ou então, é possível optar por usar lentes diárias descartáveis.

As lentes de contacto devem ser usadas por idosos?
Se por um lado a tecnologia das lentes de contacto já permite a correção de visão para longe e para perto, o que é muito importante para os idosos, por outro existem neste grupo etário algumas doenças oftalmológicas que impedem o seu uso. Assim, para este grupo etário o uso de lentes de contacto implica que a avaliação pelo médico oftalmologista, seja por exemplo, muito dirigida para o estudo do olho seco. A população idosa tem uma prevalência muito aumentada desta doença o que é uma contraindicação para a utilização de lentes de contacto.

É perigoso usar lentes de contacto à noite, enquanto dorme?
A superfície externa do olho, que fica parcialmente coberta pela lente de contacto, necessita de estar em contacto com o oxigénio. Esta superfície, chamada córnea, retira o oxigénio da atmosfera. Com a lente posta, a córnea tem menos acesso ao oxigénio e pode, por isso, ficar mais vulnerável a infeções. Assim, é recomendado retirar sempre as lentes de contacto à noite.
Além disso, dormir com as lentes também pode aumentar as possibilidades de se desenvolver uma infeção se a lente tiver resíduos ao longo do dia. Por isso, se acidentalmente se se esquecer de retirar as lentes à noite, é necessário removê-las logo ao acordar e colocá-las na solução de limpeza para retirar as sujidades acumuladas e as bactérias.

As lentes de contacto podem perder-se atrás do olho?
Não. Há uma membrana fina que cobre a parte branca do globo ocular e que se liga ao interior das pálpebras. Isso impossibilita que a lente de contacto se perca atrás do olho.

As lentes de contacto podem saltar dos olhos?
As antigas lentes de contacto podiam, de vez em quando, saltar dos olhos quando se fazia desporto e outras atividades com mais movimento. Mas as lentes de hoje são fabricadas de uma forma que se ajustam melhor aos olhos. Por isso, é muito raro que uma lente salte do olho.

As lentes de contacto podem ficar encravadas no olho?
As lentes de contacto moles podem colar-se ao olho quando secam. Mas basta aplicar o líquido das lentes de contacto ou um soro fisiológico estéril para ficarem reumidificadas e descolarem do olho.

As lentes podem entrar em contacto com a água?
Não. As lentes de contacto não podem estar expostas a nenhum tipo de água. Um género de amiba – um organismo microscópico unicelular – chamado Acanthamoeba, que existe na água doce (nos lagos, nas piscinas, nas saunas), pode ficar agarrado à lente e causar uma infeção no olho que pode até cegar. Estas amibas alimentam-se de bactérias e podem sobreviver no olho de uma pessoa. O indicado é retirar-se as lentes antes de se entrar em contacto com a água. Se se esquecer de retirar as lentes, deve fazê-lo logo de seguida e colocar no líquido desinfetante das lentes para limpar qualquer resíduo que tenha lá ficado.

Saiba mais
O que acontece quando se usa lentes de contacto na praia?

Não se pode usar lentes quando se faz desporto?
Não é verdade. Aliás, os médicos defendem que as lentes são a melhor opção para se ter uma visão corrigida enquanto se faz desporto. As lentes podem melhorar a visão a longa distância e a visão periférica.

Revisão científica:
Vitor Maduro, médico da unidade de oftalmologia do Hospital Lusíadas Lisboa

Especialidade em foco neste artigo:
Oftalmologia