Facto ou mito: beber água à refeição engorda?

Há muitas teorias sobre os benefícios e os malefícios de beber água à refeição. O inchaço que se pode sentir é uma situação associada ao refluxo esofágico.

Beber água à refeição engorda ou não?

A água é um componente fulcral da alimentação, já que é um constituinte importantíssimo das células do corpo e compõe o sangue e a linfa. Por dia, deve-se beber em média entre um e dois litros de água. O facto de cozinharmos parte dos alimentos que comemos, fazendo com que eles percam água, obriga-nos a ir buscar este líquido a outras fontes.
Há diversas teorias sobre quando se deve beber água, que quantidade beber, os benefícios e os malefícios de beber água antes ou durante as refeições. Uma delas defende que a água à refeição faz engordar. Mas será que isso é verdade?

Zero por cento de calorias

Ao contrário de outros líquidos, como as bebidas gaseificadas com açúcar, os sumos e o leite, a água não tem calorias. E, por isso, pode ajudar a perder peso. Porquê? Mesmo quando não se está em atividade, o corpo gasta energia para se manter, é o chamado gasto de energia em repouso. Quando se bebe água, o corpo tem que gastar ainda mais energia para lidar com a entrada do líquido no organismo. Por isso, há um aumento de calorias usadas. Nos adultos, o gasto de energia em descanso aumenta entre 24 e 30% nos dez minutos seguintes após beber-se água. Este aumento dura pelo menos 60 minutos. Durante a refeição, este gasto a mais de energia quase que passa despercebido. Mas um estudo de revisão de 2010 que analisou as experiências científicas sobre o efeito da ingestão de água durante a refeição, mostrou que quando não se bebe água durante a refeição (nem outro líquido), há um ligeiro aumento do total de energia que o organismo adquire.

Claro que quando se substitui a água por outras bebidas açucaradas, ou mesmo por sumos, consome-se ainda mais energia. Os especialistas argumentam ainda que quando se bebe água à refeição é um momento de pausa, em que há tempo para sentir se já se está satisfeito com o que se ingeriu e parar com a refeição mediante essa avaliação.

Mitos e verdades sobre beber água à refeição

Há quem argumente ainda que quando se bebe água durante a refeição as secreções do estômago necessárias para se atingir um nível certo de acidez para a digestão diluem, dificultando este processo. Mas este argumento é falso, porque o corpo ajusta-se à quantidade de água e produz mais ácido caso seja necessário. Mas há, de facto, um grupo de pessoas para quem a água à refeição não é uma opção feliz.
Quem sofre de refluxo gastroesofágico não deve beber água e outros líquidos às refeições: os líquidos aumentam o volume do estômago, o que, por sua vez, faz aumentar a pressão do estômago, gerando o refluxo. Neste caso e para quem se sente inchado quando bebe líquidos nas refeições, o melhor é bebê-los entre elas. Mas quem não sofre deste problema pode beber água quando quiser. A principal regra de bom senso é beber quando se tem sede.

Em suma
A água não tem calorias e não faz engordar durante as refeições. O mais provável é obrigar o corpo a gastar mais energia. O ideal para perder peso é substituir as bebidas açucaradas por água.

 

Revisão científica:
Cristina Teixeira, nutricionista do Centro Multidisciplinar de Tratamento da Obesidade do Hospital Lusíadas Porto

Especialidades em foco neste artigo:
Nutrição Clínica