As bananas ajudam a evitar cãibras?

Como fontes de minerais e água, são úteis. Mas também as batatas, os feijões ou o abacate devem ser ingeridos.

As bananas ajudam a prevenir as caibras?

Diz a sabedoria popular que comer uma banana ajuda a evitar cãibras. E é até comum ver atletas profissionais a ingerirem este fruto durante uma competição em que levam o esforço físico ao limite, o que pode suscitar estes dolorosos espasmos musculares.

Mas são raros os estudos que relacionam o consumo de banana com a prevenção do aparecimento de cãibras. O que se sabe é que a ingestão deste fruto (e de outros alimentos, como se verá à frente) trazem ao organismo fontes de energia imediata (os eletrólitos), que ajudam a hidratá-lo. É que, por exemplo, por cada 100 gramas de uma banana existe entre 75% a 80% de água.

E antes das bananas, o sal era o principal aliado para evitar cãibras. Os mineiros britânicos atribuíam ao suor a principal causa para as suas constantes contrações musculares. Para evitá-las, colocavam sal (que contém sódio) na cerveja e na água que ingeriam. Acreditavam que, assim, criavam uma mistura semelhante ao suor que perdiam. A ideia espalhou-se para outras atividades: os homens que trabalhavam na construção da Represa Hoover, nos Estados Unidos, bebiam um leite salgado. E os soldados norte-americanos durante a Segunda Guerra Mundial consumiam uma bebida salina durante a estadia no deserto.

Da falta de nutrientes à medicação: as causas das cãibras

As cãibras ocorrem quando existe uma contração muito rápida dos músculos. Apesar de o que está na origem destes espasmos dolorosos não estar bem identificado, há fatores que a propiciam, tais como:
Falta de nutrientes e minerais, como potássio, sódio, cálcio e magnésio;
– Nível de exercício físico, excesso de suor e falta de hidratação;
Má circulação causada, por exemplo, por uma vida sedentária;
Envelhecimento;
Tensão alta;
Alguma medicação (alguns diuréticos, broncodilatadores e estatinas);
Álcool;
Cafeína;
Gravidez;
Alterações de temperatura.

Os inimigos das cãibras: minerais

  • Sódio:

É essencial para manter o equilíbrio da pressão arterial e com outros eletrólitos leva à contração muscular.

  • Potássio:

É o principal eletrólito nas células do organismo. Ajuda os músculos a trabalhar, criando impulsos elétricos. A falta deles pode levar às cãibras.

  • Cálcio:

É importante para a contração de músculos como o coração ou para gerar impulsos nervosos. É por isso que se está em falta no organismo pode levar à contração dos músculos e às cãibras.

  • Magnésio:

Cerca de um terço do magnésio presente no organismo humano está nos músculos.

… e onde os encontrar

A boa notícia é que as bananas não são o único alimento que oferece potássio, cálcio ou magnésio, essenciais para manter o organismo equilibrado.

  • Batatas e abóboras:

São boas fontes de potássio, cálcio ou magnésio – e até de água, mantendo também o organismo hidratado. E as batatas-doces têm seis vezes mais cálcio do que as bananas.

  • Espinafres e rúcula:

São verduras de folha escura e que contêm potássio, magnésio e cálcio.

  • Abacate:

Tem 975 miligramas de potássio, duas vezes mais do que o que está numa banana ou numa batata-doce.

  • Leguminosas:

O feijão é rico em potássio e magnésio; uma chávena de lentilhas cozidas contém 71 miligramas de magnésio.

Validação científica:
Alina Fernandes, nutricionista do Hospital Lusíadas Porto

Especialidade em foco neste artigo:
Nutrição Clínica